Empreendedorismo

5 motivos para pensar em investir em empréstimos coletivos para empresas

Os empréstimos coletivos para empresas, modalidade também conhecida como peer-to-peer lending, em que diversos investidores emprestam dinheiro para uma empresa, vêm se popularizando no Brasil e substituindo os financiamentos bancários. “O principal atrativo para quem investe é a alta rentabilidade e para quem toma o empréstimo são as taxas de juros mais baratas e a burocracia menor”, aponta Fábio Neufeld, CEO e cofundador da Kavod Lending, fintech de empréstimos coletivos para pequenas e médias empresas. A modalidade vem ganhando solidez no mercado, especialmente após o Banco Central regulamentar as fintechs de crédito, em abril deste ano. Conheça no artigo 5 motivos para pensar em investir em empréstimos coletivos para empresas!

Aza Contabilidade5 motivos para pensar em investir em empréstimos coletivos para empresas
leia mais

Conheça as 5 melhores maneiras de reduzir custos nas empresas

A garantia de bons resultados tem sido cada vez mais ligada, por muitos analistas, a redução de custos, principalmente, em épocas de crise econômica. Assim, além de diminuir os gastas, a margem de lucro tende a aumentar e, consequentemente, a competitividade. Ao mesmo tempo que se reduz é possível investir. Isso porque, com uma estratégia bem planejada e definida, os investimentos são direcionados para ações que realmente vão alavancar os negócios.Mas, como reduzir custos sem causar impactos negativos? Algumas estratégias podem ser mais simples do que você imagina. Confira no artigo de Pedro Parreira, mestre em economia de empresas e diretor da Parcon Consultoria

Aza ContabilidadeConheça as 5 melhores maneiras de reduzir custos nas empresas
leia mais

Prepare seu pequeno e médio e-commerce para a Black Friday

Segundo Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), o comércio eletrônico brasileiro deve faturar R$ 2,87 bilhões na Black Friday, registrando crescimento de 16% em relação a 2017. A expectativa da Abcomm que os sites de varejo online recebam mais de 8,8 milhões de pedidos, com tíquete médio de R$ 326. As categorias mais buscadas devem ser informática, celulares, eletrônicos, moda e acessórios e casa e decoração. A estimativa da Abcoom leva em conta os dias 22 e 23 de novembro. Segundo Daniel Palis, sócio-fundador da Calina, agência de marketing digital especializada no mercado PME, se engana quem pensa que apenas os gigantes do varejo online podem ser competitivos nessa data. Para o especialista, é possível que e-commerces menores se posicionem com inteligência e eficiência e ganhem a atenção do consumidor durante a Black Friday. “Como estamos há pouco menos de um mês do evento, dá para arrumar a casa e realizar bons negócios”, avalia. Nesse sentido, Palis preparou 7 dicas para potencializar as vendas de pequenos e médios e-commerces. Confira!

Aza ContabilidadePrepare seu pequeno e médio e-commerce para a Black Friday
leia mais

3 ferramentas para fidelizar e atrair novos clientes para sua empresa

Como fidelizar e atrair novos clientes para a sua empresa? Além do oferecimento de experiências relevantes e confiáveis, a adoção de novas tecnologias também pode ajudar. Confira três ferramentas importantes atualmente!

Aza Contabilidade3 ferramentas para fidelizar e atrair novos clientes para sua empresa
leia mais

Quer abrir um negócio? Confira dicas de empreendedores e especialistas

Apesar de serem denominadas como “pequenas”, o impacto das pequenas empresas na economia brasileira é grande, pois, entre outros benefícios, são fontes de criação de postos de trabalho – responsável por mais de 80% dos empregos formais neste ano, segundo o Sebrae. Em meio à crise, empreender se tornou ainda mais uma opção para quem quer uma renda extra ou precisa de uma nova ocupação. Pensando nisso, especialistas e empreendedores separaram dicas e um passo a passo para quem deseja abrir um negócio.

Aza ContabilidadeQuer abrir um negócio? Confira dicas de empreendedores e especialistas
leia mais

Vai abrir um negócio? Saiba quais são os melhores financiamentos e investimentos

Em tempos de crise política, retração econômica e taxa de desemprego elevada, muitas pessoas enxergam oportunidades e investem no próprio negócio. Fábio Yamamoto, sócio da Tiex – empresa de consultoria e gestão financeira – dá dicas de como buscar financiamentos em bancos, ou investimento de terceiros. “É fundamental planejar o futuro da empresa, para não entrar nas estatísticas e fechar as portas”, aconselha Fábio.

Aza ContabilidadeVai abrir um negócio? Saiba quais são os melhores financiamentos e investimentos
leia mais

13 primeiros passos de uma startup em Early Stage

Não existe uma fórmula de sucesso infalível para uma startup decolar, porém podemos dizer que existem fórmulas que certamente levam ao fracasso. É muito comum empreendedores iniciantes, que acabaram de tirar sua ideia do papel, serem colocados diante de algumas armadilhas, dificultando ou mesmo paralisando seu crescimento. Quer saber mais? Confira o artigo do empreendedor Diego Daminelli.

Aza Contabilidade13 primeiros passos de uma startup em Early Stage
leia mais

Integração de informações facilita acesso ao crédito para MPEs

O acesso ao crédito para pequenas e médias empresas normalmente é cheio de entraves, mas será que a integração de informações pode facilitar este acesso? Saiba mais sobre o assunto no artigo de Daniel Orlean, CMO e sócio-fundador da fintech Biz Capital.

Aza ContabilidadeIntegração de informações facilita acesso ao crédito para MPEs
leia mais

Seis formas de se aproximar de clientes na visão de empreendedores

Na última semana foi comemorado o Dia do Cliente, figura fundamental para o sucesso de qualquer negócio! Entender, conquistar e entregar o que ele deseja não é só necessário como também é a maior motivação de muitos empreendedores. Como anda sua relação com os clientes? Confira a seguir seis formas de se aproximar deles na visão de empreendedores.

Aza ContabilidadeSeis formas de se aproximar de clientes na visão de empreendedores
leia mais

Quero abrir uma empresa: jovens empresários faturam mais com desafios

Uma pesquisa online elaborada através de formulário de cunho não-obrigatório, realizada pela Conaje (Confederação Nacional de Jovens Empresários), em parceria com a Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, mostrou que estabelecimentos crescem constantemente no Brasil e, por trás deles, quem se destaca é a “geração Y”, jovens de 26 e 30 anos de idade, cujo faturamento anual varia de R$ 60 mil a R$ 360 mil.

Aza ContabilidadeQuero abrir uma empresa: jovens empresários faturam mais com desafios
leia mais