Informativos

8 dicas para utilizar o 13º salário com sabedoria

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), cerca de 81 milhões de brasileiros receberão o 13º salário este ano. Tem direito ao benefício todo trabalhador contratado pelo modelo CLT, ou seja, com carteira assinada, que tenha trabalhado por pelo menos 15 dias durante o ano e não tenha sido demitido por justa causa. Para gastar o dinheiro de maneira inteligente, Carlos Terceiro, CEO e fundador do Mobills, aplicativo completo para gestão de finanças pessoais, explica que as finanças precisam estar organizadas.

“Todo mundo quer comemorar as festas de final do ano, mas é importante se atentar ao comprar presentes e até mesmo programar uma viagem. É preciso se planejar e levar consideração a capacidade financeira apresentada no orçamento, uma vez que o início do ano exige o pagamento de várias despesas como IPTU, IPVA, matrícula e material escolar”, acrescenta Carlos.

Confira oito dicas selecionadas pelo CEO:

  1. Cuidado com os gastos com presentes

Claro que é normal querer agradar algumas pessoas e dar presentes no final do ano, mas é preciso  bastante critério e ponderação no momento das compras. Muitas vezes, um presente de menor valor pode ser bem mais importante do que um presente caro e luxuoso. Para ajudar, faça uma lista com apenas as pessoas que realmente merecem e que são próximas de você.

  1. Programe as viagens com antecedência

Caso você consiga separar uma parte do 13º para viagens, ótimo. Se não for possível realizar a viagem nesse momento, guardar o dinheiro e esperar é a melhor solução para o futuro. Geralmente viagens de fim de ano requer um planejamento de meses antes, pois, como é alta temporada, os preços são mais altos e tudo esgota mais rápido. Ou seja, quanto antes se preparar, maior a chance de encontrar descontos e conseguir reservar a passagem e hotel.

  1. Planeje as festas

Planejamento é a palavra de ordem para aproveitar bem o dinheiro destinado às festas. Anote tudo que irá comprar e registre o valor de cada item. Procure por promoções e lugares que vendam em atacado. E claro, a dica é sempre dividir os gastos com a família e amigos. Todos querem curtir uma boa festa, então nada mais justo que todo mundo arcar com as despesas.

  1. Quite as dívidas

Segundo pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), 87% dos brasileiros pretendem quitar as dívidas com o valor do 13° salário. Caso tenha mais de uma conta em atraso o ideal é começar o pagamento por aquelas que cobram os juros mais altos, como as dos cartões de crédito e as do cheque especial. Elas são as principais responsáveis pelas dívidas.

  1. Monte uma reserva de emergência

Possuir uma reserva de emergência é essencial para qualquer um e qualquer família. Ninguém sabe o que acontecerá no futuro, então é importante se prevenir.  Para isso você precisa ter pelo menos 6 meses dos seus custos mensais em investimentos seguros e de curto prazo, como poupança, tesouro Selic ou fundos de renda fixa.

  1. Adiante o pagamento dos impostos e material escolar

Um bom gasto do 13° é poupá-lo para arcar com os gastos com matrícula e material escolar dos filhos ou então para pagar impostos como IPVA e IPTU.

  1. Guarde para metas e objetivos que deseja alcançar no próximo ano

O que deseja realizar no ano novo que está próximo? Viajar para o exterior? Comprar um carro? Seja o que for, você pode começar a juntar com o décimo terceiro salário.

  1. Comece a investir

O 13º salário é uma excelente oportunidade para começar a investir ou para turbinar os investimentos. Nem que você invista apenas o dinheiro que sobrar após todos os gastos já previstos.

Aza Contabilidade8 dicas para utilizar o 13º salário com sabedoria