Informativos

5 boas práticas de gestão para novos empreendedores

Empreendedores de primeira viagem muitas vezes se sentem um pouco perdidos tendo que encarar tantos desafios diários. Para ajudar, Adriano Meirinho, CMO do aplicativo Celcoin, que transforma qualquer smartphone em um terminal para recebimento de contas, recarga de celular, jogos, passagens rodoviárias e planos de TV, disponibilizou algumas boas práticas.

Através da experiência do executivo, a primeira dica importante é conhecer com profundidade os consumidores do produto ou serviço. Dessa forma, todos os esforços devem ser direcionados para suprir necessidades desse público e fornecer soluções. Por isso, é necessário obter dados de comportamento, como hábitos de consumo, rotinas e principais interesses. O objetivo é fidelizar seu cliente, para que ele também se torne uma fonte de propaganda para seu negócio.

Outra dica importante é deixar a situação da empresa formalizada de acordo com a lei vigente. Mesmo que no primeiro momento pareça mais vantajoso optar pela informalidade, o CNPJ é fundamental para emissão de nota fiscal, criação de conta bancária, conseguir máquinas de cartão e solicitação de empréstimos públicos. Portanto, é necessário deixar a parte burocrática organizada e legal.

Paralelamente à dica anterior, os empreendedores precisam ter pleno controle de gerenciamento financeiro. A falta de organização com os lucros e os gastos da empresa prejudicam e acarretam dívidas que podem ser fatais ao business. Mesmo que seja realizado em simples planilhas, o fluxo de caixa deve estar sempre atualizado e registrado. Além disso, existem diversos softwares que possibilitam o controle financeiro da empresa, para que o empreendedor consiga projetar e planejar o crescimento saudável.

A quarta dica é a respeito de gerenciamento de estoque, porque é necessário para controle interno, seja seu negócio físico ou virtual. Todo empreendedor deve ter em mente que os produtos vendidos precisam ser entregues, já que o cliente está esperando e pode reclamar publicamente da empresa pela falta de compromisso, acarretando má impressão de imagem para os futuros consumidores.

Por último, o executivo aposta que todo negócio precisa efetuar boas estratégias de comunicação. Engana-se quem acredita que apenas grandes empresas tem capital para investir em comunicação. Pequenos e médios empreendedores podem iniciar contato com potenciais clientes pelas redes sociais, por exemplo, uma vez que o mundo está hiperconectado. Assim, manter esforços para comunicação assertiva não necessita de altos investimentos para informar e fidelizar consumidores.

Com o Celcoin, foi possível aliar tecnologia e inovação para criar uma rede fértil de serviços financeiros gerando negócios entre a população para democratizar acesso e oportunidades em regiões menos desenvolvidas economicamente. O propósito de empreender surgiu por possibilitar a criação de um negócio que impactasse a população a fim de diminuir a vulnerabilidade econômica e proporcionar renda extra aos agentes do Celcoin, pequenos empreendedores que usam o aplicativo para adquirir a renda extra e atender as demandas financeiras da população.

Aza Contabilidade5 boas práticas de gestão para novos empreendedores

Related Posts