Informativos

5 dicas de oratória para desenvolver comunicação mais assertiva

Para se destacar no mercado cada vez mais concorrido é imprescindível investir em novas técnicas que visam potencializar resultados. Com esse objetivo, a plataforma Savoá, desenvolveu o curso “Um show de apresentação” voltado àqueles que buscam melhorar a maneira de falar com seu público-alvo com dicas de oratória.

Van Marchetti, especialista em marketing e vendas, diz que a comunicação não pode mais ser uma competência falha em avaliações e feedbacks. Na atual dinâmica do mundo corporativo, tais gaps trazem impedimentos e perdas fatais para desenvolvimento de carreiras e fechamento de negócios. “Não se trata somente sobre o que falamos, mas sobre a maneira como as pessoas interpretam o que a gente fala. Isso faz toda diferença em relação ao que queremos transmitir”, acrescenta.

Dicas para melhorar a oratória

Perceber o público-alvo

Ao conversar com alguém, preste atenção nas palavras dessa pessoa e desenvolva a escuta ativa (sem filtros e julgamentos – procure evitar que suas crenças sejam impedimento para a compreensão total da mensagem). Também fique atento ao tom de voz e às expressões, durante o diálogo. Quando for conduzir reuniões, palestras, apresentações ou treinamentos, fique atento à linguagem corporal do público: os gestos (eles “falam” muito sobre a motivação das pessoas sobre o seu discurso).

Desenvolva a Autopercepção

Perceba como você se comunica diariamente. Veja aqui o que escrevi: como você se comunica e não: o que você está comunicando. Tenho certeza de que você se preocupa com o conteúdo da sua fala. Mas há a mesma preocupação em relação a como você entrega a sua mensagem? Então, verifique como está sua postura corporal. Ela reflete exatamente a imagem que você quer passar para as pessoas?
E sobre o tom da sua voz? Ele está sincronizado a cada momento da sua fala com o contexto da mensagem que você quer transmitir? A linguagem corporal deve ser um importante foco de estudo e desenvolvimento para todos que querem e precisam potencializar sua oratória para uma intercomunicação de alto impacto.

Controle a ansiedade

Ao perceber o sentimento de querer terminar algo logo: pare, faça uma profunda respiração e se coloque no estado de presença. Agradeça pela oportunidade de realizar aquela atividade (por mais simples que seja). Automaticamente, irá obter maior tranquilidade e sensação de calma.

Evite a Procrastinação

É mais fácil fazermos primeiro o que nos dá mais prazer. Mas tente fazer o contrário. Comece com o que não te agrada (utilize a técnica acima e procure entrar no fluxo do estado de “presença”). Perceber que o nível de stress mental acalma durante o processo, tudo é realizado com maior rapidez e o resultado tem muito mais qualidade técnica e comportamental. Outra dica é a “isca mental” pensar: assim que eu terminar essa atividade, poderei investir o meu tempo em algo que me dê mais prazer e realização. Sempre funciona.

Perca a timidez

A timidez é sempre considerada a grande vilã de todos os que precisam falar em público. E de onde ela vem? Do medo de expor nossas ideias e sermos criticados. Entendemos que se as pessoas não gostam do que falamos, elas não gostam de nós e, consequentemente, não somos aceitos. Esse sentimento frustra e nos faz perder oportunidades na vida pessoal e profissional. É preciso sair da zona de conforto e buscar alternativas de aprendizados e desenvolvimento com comunicação mais persuasiva.

O objetivo do curso online, dividido em cinco módulos com 21 aulas, é fazer com que os alunos aprendam com exemplos práticos como driblar a ansiedade e o medo de falar em público, além de abordar maneiras de aperfeiçoar a linguagem corporal, o tom de voz e identificação do seu público.

“O curso é um grande desafio, após larga experiência em aulas presenciais, consegui desenvolver um método online que realmente faça sentido e traga resultados positivos, de maneira prática, com conteúdo relevante dividido em matérias interessantes e disciplinas que são facilmente aplicadas no cotidiano”, destaca Van Marchetti.

O cronograma conta ainda com técnicas de PNL, respiração, comunicação assertiva e não violenta, domínio emocional, planejamento estratégico, passo a passo da construção de um roteiro para organizar seu conteúdo, storytelling, e estruturação da apresentação com começo meio e fim, além de inúmeros teste e exercícios guiados e certificação. Saiba mais, acesse www.savoa.com.br.

Aza Contabilidade5 dicas de oratória para desenvolver comunicação mais assertiva